Pablo Neruda

"Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe. A minha alma não se contenta com havê-la perdido. Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a. O meu coração procura-a, ela não está comigo.
A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores. Nós dois, os de então, já não somos os mesmos. Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei. Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido. De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos. A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos. Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda. É tão curto o amor, tão longo o esquecimento. Porque em noites como esta tive-a em meus braços,a minha alma não se contenta por havê-la perdido. Embora seja a última dor que ela me causa,e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo."

sábado, 17 de abril de 2010

A imagem descoberta


Hoje, também é o aniversário do meu pai. Teve festa, família reunida e pela primeira vez na vida, vi o rosto do meu avô paterno em uma foto antiga em um porta retrato na casa da minha tia Marga.
Sempre que eu falava dele, para explicar a origem do meu sobrenome, me vinha um rosto imaginário, que eu formei com vários rostos diferentes. Mas, escolhi que ele se parecesse com o conterrâneo o Papa João Paulo II. Era assim que o imaginava. Só sabia que ele tinha olhos azuis, só isso.
Agora estou decorando os traços, as características e seu olhar.
Talvez polonês, talvez brasileiro, mas Nicolau Petranski, o meu avô.

:)
Na foto: Vó Ana, Vô Nicolau, meu pai e eu.

Um comentário:

  1. Thais, gracias por hacerme llorar...
    Gracias, pues sabes que las lasgrimas vienen del Alma...
    Gracias, pues despues de leer tus lineas, vuelvo a sentirla de nuevo...
    Gracias , pues por tus palabras, por mis lagrimas, por este viaje increíblemente maravilloso, por tus pensamientos, viaje que nunca acaba, que nunca cansa... Me siento humano de nuevo.
    Gracias por enseñar,...
    Gracias por ser Thais...
    Gracias por ser Petranski...
    Gracias a tu abuelo Nicolau, por dejar esa herencia tan especial,..TÚ.
    Dios sabe que hablo desde el respeto, pero también sabe que hablo desde la admiración.
    Olé,olé, olé!
    FELICIDADES!

    ResponderExcluir