Pablo Neruda

"Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe. A minha alma não se contenta com havê-la perdido. Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a. O meu coração procura-a, ela não está comigo.
A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores. Nós dois, os de então, já não somos os mesmos. Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei. Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido. De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos. A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos. Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda. É tão curto o amor, tão longo o esquecimento. Porque em noites como esta tive-a em meus braços,a minha alma não se contenta por havê-la perdido. Embora seja a última dor que ela me causa,e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo."

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Mauricio de Sousa toma posse na Academia Paulista de Letras



Matéria publicada na Folha de S.P. - 12/05/2011

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/915165-mauricio-de-sousa-toma-posse-na-academia-paulista-de-letras.shtml

Foto: Daniel Marenco/Folhapress

12/05/2011 - 23h00
Mauricio de Sousa toma posse na Academia Paulista de Letras
Publicidade
GUILHERME BRENDLER
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Mauricio de Sousa, 75, foi empossado na noite desta quinta-feira (12) como membro da Academia Paulista de Letras (APL). O desenhista assume a cadeira 24, antes ocupada pelo poeta Geraldo de Camargo Vidigal, morto em agosto do ano passado.

Criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa é o primeiro quadrinista ser empossado pela Academia.

A cerimônia ocorreu no auditório da sede da APL, no largo do Arouche, região central de São Paulo.

Ao final do ato solene, bonecos de personagens de Mauricio de Sousa --Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali e Chico Bento-- interagiram com o público que estave na cerimônia.
APROXIMAÇÃO

"O largo do Arouche está em festa", disse o deputado federal Gabriel Chalita (PSB-SP) e acadêmico em seu discurso de saudação oficial. O político foi escolhido por Mauricio de Sousa para dar a mensagem de boas-vindas e discursou por 12 minutos. De acordo com o protocolo da Academia, o membro a ser empossado é quem escolhe o acadêmico que faz a saudação oficial.

Chalita agradeceu ao convite e disse que a chegada de Mauricio à APL marca um momento de maior aproximação da Academia com as crianças. "Mauricio já produziu mais de um bilhão de gibis. Já escreveu para inúmeras gerações. É alguém que ficará para sempre na nossa história e imaginação."

Para o presidente da Academia, Antonio Penteado Mendonça, "Mauricio é, sim, um escritor. Ele teve uma das mais expressivas votações da história da APL".

Dos 39 acadêmicos, 38 votaram a favor e um se absteve.

A APL já tem um projeto de parceria com o novo acadêmico para aproximar a Academia do público leitor. Segundo Mendonça, Mauricio de Sousa disponibilizará duas páginas dos gibis para que os leitores possam escrever contos e poemas poderão enviá-los para a academia. Os membros da APL escolherão os melhores textos que serão transformados em quadrinhos.

De acordo com a APL, o projeto deve ser implementado a partir de outubro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário