Pablo Neruda

"Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe. A minha alma não se contenta com havê-la perdido. Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a. O meu coração procura-a, ela não está comigo.
A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores. Nós dois, os de então, já não somos os mesmos. Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei. Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido. De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos. A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos. Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda. É tão curto o amor, tão longo o esquecimento. Porque em noites como esta tive-a em meus braços,a minha alma não se contenta por havê-la perdido. Embora seja a última dor que ela me causa,e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo."

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Renovar


Esta semana decidi renovar. Fiz uma limpeza geral nos meus armários, separei muitas roupas para doar, roupas que eu mantinha em minha vida só pela posse, mas que podem ser muito úteis para outras pessoas.
Separei calçados e até brinquedos que pensei que não conseguiria doar.
Não preciso de tanta coisa na minha vida, e estes objetos serão melhor aproveitados por outras pessoas.
Quero que a energia se renove. Em cada espaço vazio das gavetas, que antes estavam tão abarrotadas, em cada cabide vazio e em cada objeto que estava apenas presente ocupando um espaço valioso da minha vida.
Estou renovando tudo, deixando espaços para serem devidamente preenchidos com coisas boas.
Esta decisão não abrange apenas meus armários, mas estou reavaliando a presença vazia até de pessoas que se dizem "presentes" em minha vida.
Pessoas que são apenas um número no orkut, ou que se dizem amigos e nem sabem da minha vida.
Não quero espaços ocupados por pessoas vazias, mas espaços que possam ser renovados.
Ter por ter. Não, eu nunca fui assim.
Se eu amo, amo e ponto final.
Se odeio, odeio, e ponto final.
Se mudo de opinião, me torno melhor.
Se falo a verdade, me sinto melhor ainda.
Quem estiver nesta "vibe" pode vir, mas quem for apenas uma presença morta de alguma lembrança perdida, bye!
Procure sua luz também.
Se liberte, assim como estou fazendo.
Sem mentiras, sem falsidade, sem hipocrisia e sem maldade.
Eu sou uma só, e posso reciclar minha vida quantas vezes quiser.
Se você é apenas um papel rabiscado na vida de Thata, não fique triste: arrumarei outra função pra você em alguma estação de reciclagem.
Afinal, tudo sempre se transforma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário