Pablo Neruda

"Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe. A minha alma não se contenta com havê-la perdido. Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a. O meu coração procura-a, ela não está comigo.
A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores. Nós dois, os de então, já não somos os mesmos. Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei. Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido. De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos. A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos. Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda. É tão curto o amor, tão longo o esquecimento. Porque em noites como esta tive-a em meus braços,a minha alma não se contenta por havê-la perdido. Embora seja a última dor que ela me causa,e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo."

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Dica de leitura: Diálogos sobre a juventude - Daisaku Ikeda

Vídeo com a dica de leitura desta semana:

Diálogos sobre a juventude - para os protagonistas do século XXI - volume3
Daisaku Ikeda
Editora Brasil Seikyo

Um comentário:

  1. Olá Thais, tudo bom ? Espero que sim.

    Muito legal o vídeo e a sua leitura desse interessante trecho do livro do sr. Ikeda, o qual realmente me pareceu trazer algumas importantes lições de humanidade e humanismo. ^_^d

    Agora, espero que você me perdoe se eu lhe parecer inconveniente, mas não posso deixar de ressaltar o quão bela você está nesse vídeo. Fico muito feliz em te ver tão bem e espero que esse seu ano de 2012 seja repleto de Felicidades, Realizações, Sucesso, Conquistas, Saúde, Carinho, Amizade, Amor e Paz.

    Grande abraço e tudo de Bom, hoje e sempre.

    De seu amigo,

    Renato F.C..

    ResponderExcluir