Pablo Neruda

"Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe. A minha alma não se contenta com havê-la perdido. Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a. O meu coração procura-a, ela não está comigo.
A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores. Nós dois, os de então, já não somos os mesmos. Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei. Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido. De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos. A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos. Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda. É tão curto o amor, tão longo o esquecimento. Porque em noites como esta tive-a em meus braços,a minha alma não se contenta por havê-la perdido. Embora seja a última dor que ela me causa,e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo."

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Tudo fora do lugar


Sempre ouvi dizer que é preciso sonhar e lutar pelo que se quer, porque nada na vida é fácil e sem batalha nada pode ser conseguido.
Concordo.
Mas, isso não é receita para o sucesso.
Quantas pessoas sonham grande, acordam cedo para tentar sustentar a casa com 1 salário ou 2 e ainda conseguem pagar (à duras penas) a faculdade. Isso porque querem crescer.
Para a maioria, o crescimento não vem, até porque não há espaço para todos que sonham em ter bons empregos.
Sair da cidade ou do país muitas vezes é uma alternativa. Arriscar.
É preciso mais. Sempre.
Tantos concluem seus estudos e aquele emprego sonhado não vem. Continuam cultivando a esperança.
Mas a realidade é única: esperança não paga as contas.
Esperar a porcaria do reconhecimento para com muita sorte conseguir dobrar a renda.
Alguém consegue ter qualidade de vida ganhando 1 salário ou 2?
Aluguel, educação, remédios, comida, roupa, telefone, água, luz, etc.
A saga do trabalhador é pagar o aluguel para não morar em baixo da ponte e atrasar o pagamento da luz.
No mês seguinte, pagar a luz (para não ser cortada) e atrasar o telefone.
E assim a vida segue.
Até onde vale a pena?
Um jeitinho para continuar sobrevivendo.
Sim, mas isso é a vida que alguém sonhou?
Sinceramente, todas as pessoas merecem o mínimo de conforto.
Dinheiro pode não trazer felicidade, mas ele consegue tirar grande parte das preocupações de uma pessoa.
Pior os que julgam a situação do outro dizendo que isso é carma ou falta de pensamento positivo...
Todas as pessoas sonham e querem o melhor para sí e sua família.
Tantas vezes viramos a mesa e recomeçamos do zero.
Recomeçar contínuamente e não realizar nem os pequenos sonhos? Frustrante.
Então a vida é isso?
Esperar - batalhar - lutar - batalhar - esperar.
Onde está a parte boa em não poder realizar nem o básico por falta de dinheiro?
É luxo poder se manter financeiramente ou conseguir comprar um presente no dia das mães?
A vida me prova diariamente que sim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário