Pablo Neruda

"Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe. A minha alma não se contenta com havê-la perdido. Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a. O meu coração procura-a, ela não está comigo.
A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores. Nós dois, os de então, já não somos os mesmos. Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei. Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido. De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos. A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos. Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda. É tão curto o amor, tão longo o esquecimento. Porque em noites como esta tive-a em meus braços,a minha alma não se contenta por havê-la perdido. Embora seja a última dor que ela me causa,e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo."

terça-feira, 7 de julho de 2009

Will you be there

Hold me like the river jordan
And I will then say to thee you are my friend
Carry me like you are my brother
Love me like a mother
Will you be there?
Weary tell me will you hold me when wrong, will you skold me
When lost will you find me? But they told me a man should be faithful
And walk when not able and fight till the end
But I`m only human
Everyones taking control of me seems that the worlds
Got a role for me
I`m so confused will you show to me
You`ll be there for me and care enough to bear me
(lead me)
(lay your head lowly)
(softly then boldly)
(carry me there)
(hold me)
(love me and feed me)
(kiss me and free me)
(I will feel blessed)
(carry, carry me boldly)
(lift me up slowly)
(carry me there)
(save me)
(heal me and bathe me)
(softly you say to me)
(I will be there)
(lift me)
(lift me up slowly)
(carry me boldly)
(show me you care)
(hold me)
(lay your head lowly)
(softly then boldly)
(carry me there)
(need me)
(love me and feed me)
(kiss me and free me)
(I will feel blessed)

"In our darkest hour in my deepest despair
Will you still care? Will you be there?
In my trials and my tripulations
Through our doubts and frustrations
In my violence, in my turbulence
Through my fear and my confessions
In my anguish and my pain
Through my joy and my sorrow
In the promise of another tomorrow
I`ll never let you part
For you`re always in my heart".

Nenhum comentário:

Postar um comentário